influencia_do_ambiente_termico_no_consumo_de_materia_natural_de_touros_nelore_confinados_utilizando_o_sistema_growsafe_23_06_574441498241443.pdf (406.29 kB)

Influência do ambiente térmico no consumo de matéria natural de touros Nelore confinados utilizando o sistema GrowSafe

Download (406.29 kB)
journal contribution
posted on 08.08.2017, 14:40 by Taís Ferreira de Oliveira, Henrique Barbosa Hooper, Carina Ubirajara de Faria, Natascha Almeida Marques da Silva, Mara Regina Bueno de Mattos Nascimento
Muitos estudos com bovinos taurinos já foram realizados para investigar o efeito da temperatura ambiente elevada sobre o consumo de alimentos. Entretanto, com zebuínos, especialmente animais da raça Nelore que é a raça de maior número no Brasil, estes estudos são escassos. Assim, objetivou-se neste estudo compreender a influência da temperatura e umidade do ar no consumo de alimentos de touros da raça Nelore utilizando o sistema GrowSafe® no microclima Cerrado. Cinquenta e três touros da raça Nelore com idade de 18 a 20 meses foram confinados em dois piquetes com sombreamento de aproximadamente 3m² por animal recebendo a mesma dieta. As variáveis ambientais foram mensuradas por data loggers e o consumo diário de matéria natural foi obtido pelo sistema GrowSafe®. Calculou-se o índice de temperatura e umidade (ITU). O ambiente térmico apresentou variações esperadas entre as horas do dia para a região do Cerrado, sendo o período mais quente das 10:00 às 15:00 horas e os mais amenos das 8:00 às 10:00 e das 15:00 às 18:00 horas, porém não ultrapassou a zona de termoneutralidade. O maior consumo de matéria natural ocorreu no período de maior desafio térmico, entretanto não caracterizou como condição de estresse. Nos horários de menor consumo, provavelmente os animais preferiram descansar e ruminar, visitando menos o cocho. O consumo de matéria natural teve relação negativa com todas as variáveis ambientais, especialmente com o ITU, com uma redução de 4,099 Kg a cada aumento de unidade do ITU. Não houve redução do consumo de matéria natural quando o ambiente térmico foi caracterizado como desconforto, ITU acima de 74. Dessa forma, nas condições experimentais deste estudo, o ambiente térmico não promoveu alterações no consumo de matéria natural dos touros da raça Nelore, pois mesmo no período do dia mais desafiador os animais apresentaram maior consumo desta.

History

Usage metrics

CBBiomet 2017

Licence

Exports