resumo_corrigido_enviado_30.06.17_79261498848619.pdf (706.05 kB)

Efeito do treinamento na reatividade de ovelhas da raça Morada Nova

Download (706.05 kB)
journal contribution
posted on 07.08.2017 by Amanda Barbério, Graciela Paulin, Auara Rupiara Magalhães, Vinícius de França Carvalho Fonsêca, Alex Sandro Campos Maia, Carolina Cardoso Nagib Nascimento

Objetivou-se, com este estudo, verificar o efeito do treinamento na subida do tronco em testes com calorimetria sobre a reatividade de ovelhas Morada nova. Dezesseis animais com peso de 32,6 ± 1,8 kg e 2,8 ± 0,9 anos de idade foram selecionados em um rebanho de 60. A duração do período de treinamento foi de 83 dias, sendo dividido em três etapas, sendo 17 dias para a primeira etapa, 24 dias para a segunda etapa e 42 dias para a terceira e última etapa. A partir da segunda etapa, medidas fisiológicas e comportamentais foram utilizadas como indicadores da resposta aversiva aos procedimentos. Após o término do período de treinamento, a reatividade das ovelhas foi avaliada por meio de testes de aproximação em arena. A probabilidade das ovelhas apresentarem resistência no momento da subida no tronco diminuiu (P < 0,05) conforme o aumento no tempo de permanência, chegando a ser praticamente nula ao final da 3ª etapa. Houve diminuição da distância de fuga nas ovelhas treinadas. Um método para habituação e condicionamento de ovinos para testes de calorimetria indireta com uso de máscaras faciais foi desenvolvido. O processo de habituação e condicionamento à contenção e ao uso de máscara facial diminuem a reatividade de ovelhas da raça Morada Nova.

History

Licence

Exports

Logo branding

Licence

Exports