comportamento_de_galinhas_poedeiras_submetidas_a_diferentes_manejos_de_bico_e_sistemas_de_criacao_558241497982483.pdf (471.18 kB)

Comportamento de galinhas poedeiras submetidas a diferentes manejos de bico e sistemas de criação

Download (471.18 kB)
journal contribution
posted on 07.08.2017 by Samuel Jacinto Lunardi, Rafael Alan Baggio, Aline Zampar, Marcel Manente Boiago, Tiago Goulart Petrolli, Maria Luísa Appendino Nunes Zotti
A debicagem e o uso de gaiolas são rotineiramente utilizados em granjas comerciais sob o argumento de que evitam a mortalidade e maximizam a produção. Todavia, há crescente preocupação com o bem-estar das poedeiras submetidas a estes dois métodos. Assim, objetivou-se com este estudo avaliar se o manejo do bico e o sistema de criação afetam o comportamento de galinhas poedeiras. Na fase de produção utilizou-se o delineamento em esquema fatorial 2x3, com dois sistemas de criação (piso e gaiola), três manejos de bico (debicagem por radiação infravermelha, lâmina quente e sem debicar), com quatro repetições. Foi realizada a avaliação comportamental pela frequência de comportamentos de bicagem de penas e bicagem ambiental e, comportamentos positivos, como banho de areia e movimentos de conforto. No último dia foi mensurado o escore de pena das aves através da severidade de lesões em sete regiões corporais distintas. Para o teste de médias foi utilizado o teste F (P<0,05) e, se necessário, o teste de Tukey (P<0,05). O comportamento das aves foi influenciado pelo sistema de criação adotado, em que para os manejos de bico avaliados, a bicagem de penas foi mais frequente no sistema de criação em gaiola. No sistema de criação em gaiolas, a debicagem por lâmina quente apresentou menor ocorrência de bicagem de penas em relação aos demais manejos de bico avaliados. Já em piso, a menor ocorrência de bicagem de penas ocorreu no tratamento sem debicar. Em geral, o tratamento debicagem por lâmina quente resultou em menores frequências de comportamentos de bicagem de penas, bicagem ambiental, simulação de banho de areia e movimentos de conforto. O sistema de criação em gaiola proporciona maior agressividade entre as aves e se não debicadas, determina em maiores danos à plumagem, o que afeta negativamente o bem-estar animal.

History

Licence

Exports

Logo branding

Licence

Exports